Badu's caos!

Just another WordPress.com weblog

Estado de espera… março 30, 2010

Filed under: Uncategorized — Manu Parise @ 9:55 am
Tags:

“Nossas vidas começam a morrer no dia em que calamos coisas que são verdadeiramente importantes”. – Martin Luther King

Será que algo ficou por dizer?

Um dia li em algum livro ou revista que almas gemeas existiam sim, que erroneamente eram interpretadas como romance e relações de homem / mulher, hoje tenho certeza que essa afirmação estava correta. Minha Alma Gêmea sempre foi minha mãe, sempre fomos a mesma coisa, nunca houve entre nós qualquer divisão. Sabe aquela sensação que procuramos a vida inteira de encontrar alguém que complete nossas frases, que diga o mesmo que nós ao mesmo tempo? Pois com a minha mãe sempre foi assim!

Bastava um olhar e tudo já estava dito, tudo era compreendido!

Tão dificil olhar e não encontrar aqueles olhos marejados e brilhantes, carregados de sabedoria me olhando de volta como se dissesse: “Ok! Não diga nada! Eu já sei! Vai passar!”

Nunca houve separação entre o que eu sou e o que ela é, somos iguais, a mesma coisa, eu sempre fui sua continuação, ela minha mãe, eu filha dela, ela minha filha, eu mãe dela! Amigas! Cumplices! Colegas de Trabalho! Caçadoras de Aventuras! Viajantes!

Como rimos! Como choramos! Como brigamos! Quantas vezes ouvi reclamações sobre os piercings, sobre pensamentos de fazer uma tatuagem, sobre as roupas amassadas, sobre minha falta de organização, sobre o computador dela que quebrava, palmadas na bunda então, incontáveis, quantas vezes a deixei sem dormir com minhas dores de garganta, com minhas baladas.

Quando sofri o acidente só pensava em ir para casa e correr para o colo da minha mãe…. E agora, não posso nem chegar perto! Nem dizer nada, nem palavras de conforto…

Rezar… É só o que posso! Esperar que ela mesmo dentro de sua subconsciencia, encontre mais uma vez em mim, as forças de que precisa para sobreviver! Que sinta mais uma vez a minha presença constante ao seu  lado e que some isso em sua melhora…

E que eu possa novamente ver aquele olhar… e as caretas de pouco caso… E que eu possa mordê-la e apertá-la só para vê-la me mandando sair!

Se eu pudesse trocaria sem sofrer de lugar com ela!  Ela sempre foi mais importante para o mundo que eu!

Anúncios
 

6 Responses to “Estado de espera…”

  1. Samuel Says:

    Depois de sexta, sábado e domingo, só posso dizer 2 coisas:

    1) Tenho certeza absoluta que tudo ficará bem mais uma vez 🙂
    2) To sempre aqui, tamo junto e você sabe o que fazer quando precisar de algo.

    As outras palavras eu guardo pra falar diretamente pro Cara lá de cima. E pode ter certeza de que ele esta me ouvindo.

    Bjs (F)

  2. Mary Says:

    Mah, td vai dar certo, sua mãe vai melhorar sim!!!

  3. Guillermo Says:

    Seus amigos estão aqui para te dar uma abraço nessa hora tão difícil, disso você pode ter certeza. Beijo carinhoso.

  4. Eduardo (Goiaba) Says:

    Manú…

    Fiquei sabendo pelo Guillermo sobre a sua mãe e venho aqui te desejar os meus sentimentos…

    Sei que nao nos vemos ha algum tempo e nem nos falamos com frequencia, mas saiba que vc é uma amiga especial e estou aqui pro que precisar ….

    Fica bem….

  5. mjrjr09 Says:

    Creio que sempre fique algo por dizer. Mas definitivamente não confio na idéia de “almas gêmeas”, ou melhor, dentro do contexto explanado no texto, de fato eu poderia resignar-me, ainda assim, sou mais adepto da idéia de que, uma pessoa completa + uma pessoa completa = compartilham idéias e julgamentos, por vezes divergentes que contrastados nos levam a evolução pessoal e espiritual.

    Por isso, não quero alguém que me diga o que eu precise ouvir, mas também não quero de todo um pessimista-negativista a meu lado. Não quero alguém que apenas tenha lamurias ou sorrisos forjados, mas há horas em que os pés no chão são a melhor pedida. Gosto do tal utópico equilíbrio. Não exijo nada de alguém, gosto da naturalidade com que às coisas acontecem. Pessoas são diferentes. Pessoas agem de formas arbitrárias, singulares e questionáveis. Aqueles que não lhe apetecem não devem ser criticados e julgados, mas apenas evitados, ignorados? Situações… E, situações, não?!

    “Tão dificil olhar e não encontrar aqueles olhos marejados e brilhantes, carregados de sabedoria me olhando de volta como se dissesse: “Ok! Não diga nada! Eu já sei! Vai passar!””

    Quão maravilhosa pessoa eu não tive a oportunidade de conhecer. E, lendo essas palavras, e relendo, e refletindo, e pensando e compreendendo. O quão tolo somos! Perdemos contato com as pessoas que representam ou representaram GRANDES momentos, por quê? Porque não temos tempo para ligar? Por que é mais fácil enxergar a culpa no outro do que em nós mesmos? Depois bate aquele arrependimento. E como voltar atrás? O que fazer? Se é que há o que fazer.

    “Alguns dizem que existe uma conexão, além da matéria, com alguém que você ainda nem conhece”.

    Determinadas coisas na vida temos certeza que irão acontecer, e ainda que venhamos diariamente amadurecendo a idéia, estudando a melhor maneira de encará-la, é incrível como enfraquecemos diante de tal. São nestes momentos difíceis que comprovamos nossos limites. Jamais imaginamos tal ou tal situação, mas eis que por ironia do destino ou piada de mau gosto do acaso, nos vemos diante de um precipício. Tateamos a fé em busca de força e nos agarramos em nossos amigos.

    A gente precisa sorrir mais…
    A gente precisa chorar mais…
    A gente precisa se arriscar mais…
    As pequenas coisas são realmente pequenas coisas…
    Os grandes problemas, talvez nem sejam tão grandes assim…
    Injusto não é o tempo, e sim a nossa revoltante incapacidade de ver o quão impotente somos… Reajamos agora!

    “Existem três tipos de pessoas: as que se preocupam até a morte, as que trabalham até morrer e as que se aborrecem até a morte”.
    – Winston Churchill

    Mas o que eu conseguiria com meras palavras. Palavras são apenas palavras. Estamos tentando decifrar, descrever ou intimidar o desconhecido e inevitável destino. Fica a saudade! Abarrotamos-nos de lembranças. O mais importante é que você jamais esqueça que independentemente do que aconteça, eu, a galera que comentou aqui e muitos outros estarão a seu lado. Indubitavelmente! Amo-te-amo²

    “Nossa eterna mensagem de esperança é que a aurora chegará.”
    – Martin Luther King

  6. Ulisses Says:

    estar a um zilião de km não importa, se você sofre eu sofro.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s